Esculturas de Géraldine Grinda apresentadas na galeria Analora

A galeria Analora apresenta peças de Géraldine Grinda, numa linha muito escultural que extrai a forma do material com que trabalha. Depois de se formar na Parsons Schools of Design, em Nova Iorque, Géraldine estudou escultura na École Nationale Supérieure des Beaux Arts, em Paris. O impacto da escultura é evidente no seu trabalho.

A coleção de joias destaca pulseiras, colares e brincos de edição limitada, numa gama repleta de criatividade e que vai ao encontro do conceito de intimidade e de aconchego da galeria – situada na Rua de São Bento, no coração de Lisboa. O espaço eclético abriu no ano passado e procura reunir criações únicas de artistas internacionais e de referência. Todas as obras de arte são produzidas manualmente e em materiais nobres, como a cerâmica, a porcelana, o barro e arenito, estando disponíveis na loja física e no site da galeria.

As joias de Géraldine são, simultaneamente, relíquias e objetos, pouco convencionais, mas cada um com a sua própria história. São peças que decoram um espaço, mas também a aparência.