A ARCOlisboa 2021 está a decorrer em formato online

Numa edição exclusivamente digital, a ARCOlisboa arrancou no dia 13 de setembro e prolonga-se até ao dia 19 deste mês. A Feita de Arte Contemporânea reúne 32 galerias, das quais 11 são portuguesas, numa forte aposta na arte nacional e na promoção de sinergias num cenário internacional.

Pelo segundo ano consecutivo, e depois de um ter sido suspensa a possibilidade de realizar a Feira na Doca de Pedrouços, em Lisboa, o evento volta a assumir uma forte vertente digital por força das restrições. O acesso virtual ao evento pode ser feito através da ARCO E-XHIBITIONS. Com tudo, o objetivo da ARCOlisboa mantém-se inabalável: promover e dar visibilidade a galerias e artistas nos seus processos criativos comuns, possibilitando o conhecimento de novos projetos ou revistas ao passado, direcionadas para colecionadores ou interessados em arte contemporânea.

Das 11 galerias portuguesas selecionadas, encontramos: Galeria 3+1 Arte Contemporânea; Balcony, Cristina Guerra Contemporary Art, Monitor, Bruno Murias, Miguel Nabinho, Pedro Cera, Galeria Presença, Quadrado Azul, No No e Vera Cortês. Participam ainda 13 galerias de Espanha, como a Pelaires (Palma de Maiorca) e a Sabrina Amrani (Madrid), e algumas de Angola, como a This Is Not A White Cube (Luanda).

©ARCOlisboa 2021

A ARCOlisboa é organizada pela IFEMA (Feiras de Madrid) em colaboração com a Câmara Municipal de Lisboa e reúne projetos apresentados pelas galerias e propostas editorias, destacando a presença da Arts Libris.

É possível conhecer as exposições, contactar as galerias e saber mais sobre a obra de cada artista. A Feira regressa em maio de 2022, num formato presencial, a decorrer na Cordoaria Nacional.