Google Arts & Culture cria visitas virtuais gratuitas a museus por todo o mundo

eric-terrade-0WQOCx1g8hw-unsplash

Num momento em que a pandemia atinge contornos preocupantes, muitas áreas culturais têm sido colocadas em pausa. Muitos museus, galerias e teatros foram encerrados e com eles a impossibilidade de ver espetáculos novos, conhecer novos artistas e observar novas pinturas, esculturas e formas de arte.

Para contornar tudo isto, algumas televisões de sinal fechado abriram temporariamente, existem várias listagens de livros e filmes para ver no momento e até a Google Arts and Culture decidiu fundir-se com mais de 500 museus e oferecer visitas virtuais gratuitas.

Sem bilhete, à distância de um clique e através de um ecrã, pode encontrar vários museus e ter acesso através de um link disponibilizado online. Estão organizados, numa primeira ala, segundo a ordem de popularidade, na seguinte por ordem alfabética e na terceira por um mapa do mundo com a contagem de museus disponíveis por zonas.

Em segundos pode ver a Noite Estrelada de Van Gogh no MoMA The Museum of Modern Art e dar um salto para outro país. Dos renascentistas, aos modernos ou aos pintores holandeses, tudo está à distância do seu clique.

Para ultrapassar os tempos que vivemos, a criatividade pode ser a melhor arma. O digital transforma-se numa alternativa perfeita para ultrapassar as barreiras do isolamento social.